February 23, 2017

Ginásios há muitos,o meu são as crianças


Já vos tinha dito que sou muito feliz a fazer aquilo que faço, não tinha? Se não tinha, ou se não se lembram, sou muito feliz a trabalhar com crianças, é verdade. E outra grande verdade é que se eu antigamente pedia para ir ao ginásio, porque gostava de ter tempo para exercitar o corpo e sobretudo a mente! Fazia-me falta pôr o cérebro no modo de descanso e lá isso acontecia, só que o tempo é sempre menor do que nós queremos e no fim de contas quando damos por nós estamos tão cansados sem lá ir, que acabamos por deixar de ir e nunca mais regressar (foi mais ou menos o meu caso). 

Mas pensem lá comigo... Será que vale a pena queixar-me? Não é bem a mesma coisa do que ir ao ginásio, mas levantar crianças é um exercício bom. Fazemos agachamentos e uma série de outros movimentos positivos. Os negativos hoje não são para aqui chamados, mas claro que temos as nossas más posturas e também é claro que são prejudiciais, mas isso são outros quinhentos. Tudo isto porque amanhã já é sexta-feira e eu posso dizer-vos que os meus braços estão cheios de exercício! Os músculos até estão a pedir descanso. O meu trabalho é quase como um ginásio onde ando de um lado para o outro todos os dias e ao mesmo tempo faço movimentos que me trabalham os músculos. Não me posso queixar muito mais, não é? Basta pensar que apesar das dores e do cansaço, é por uma boa causa! 

[isto foi só um desabafo de alguém com dores nos braços, mas que tenta ver o lado positivo das coisas porque adora o que faz]

No comments:

Post a Comment