December 28, 2016

E depois do natal... chegam os saldos! (Não, não é o ano novo)


Esta é a história do pós-natal. Saldos por todos os lados, aqui e ali. Nesta e naquela loja e claro, o maior sinónimo de saldos é qual? Mulheres, e claro, em alguns casos os homens. O homem, marido, namorado, amigo ou outro parentesco qualquer atrás ou ao lado da mulher. Ainda hoje vi alguns. Alguns a tolerar mais a coisa, outros a esperar no varandim, ainda outros a acompanhar e a gozar o prato (meu caso) e o mais cómico de todos, aquele que é deixado para trás e a mulher já lá vai um metro à frente! 

Mas apesar de toda esta loucura que são os saldos é importante relembrar que não é suposto levarmos as lojas na sua totalidade para casa ou andar à pancada com a compradora do lado. É importante pensarmos em vez de agirmos quase como animais, está bem? Já não é a primeira vez que abordo este tema, mas também nunca é demais dar algumas dicas que acabam por se tornar preciosas e que acabam por nos salvar no meio da multidão que se consegue enfiar dentro das lojas. Por isso, cá vão mais algumas dicas. Simples, mas que resultam! 


Não comprar por impulso
Neste ponto com o passar dos anos tornei-me mesmo muito boa! Quando era mais nova comprava peças que adorava e outras que achava que até podia vir a apaixonar-me por elas, só que isso nunca acontecia. Por isso esqueçam a compra por impulso, só porque é 5 ou 10 euros. Ainda hoje peguei numa peça a 5 euros, levei para o provador e vestida não ficava como realmente pensava, por isso adeus. 

Comprar peças que nos façam realmente falta
Este é um dos pontos mais importantes na minha opinião. Se formos para os saldos com ideia do que não temos no guarda-roupa ou do que precisa de ser renovado olhamos directamente para o que queremos. Não digo que não possamos comprar uma peça por gosto, atenção! Se está mais barata é nessa altura que devemos fazê-lo, contudo, é importante comprar o essencial. Uma peça que está estragada, que já tem alguns anos em cima e precisa mesmo de uma nova... É agora a altura certa para a procurar. Entram e olham em torno da loja para ver onde poderá estar. Não é preciso correr a loja fio-a-pavio. 

Aproveitar as lojas de manhã
Uma dica que provavelmente muitos de nós não temos oportunidade para conseguir aproveitar, em muitos dos casos porque estamos a trabalhar. Mas mesmo ao fim-de-semana é uma ideia muito boa! A abertura da loja permite que esteja tudo arrumado e antes que haja uma revolução lá dentro, conseguimos muito mais facilmente ver as peças e por consequência trazer connosco a que nos faz falta.

Não lutar pela última peça
Sim, isso mesmo. Mesmo que não seja no inicio dos saldos, há de certeza um momento em duas pessoas quase se comem vivas por causa de uma peça ou outra e não vale a pena. Mantenham a calma e caso só esteja em loja uma peça, perguntem ao colaborar pela mesma noutra loja próxima e reservem. Mas esta só conta se for mesmo uma peça que precisem!! Nada de loucuras! 


Estas são sem dúvida aquelas dicas mais básicas mas que vão fazer toda a diferença no momento de ir aos saldos. É claro que irão existir segundas baixas e nesse momento é hora de relembrar estas dicas, acrescento uma... se houver alguma peça que até possa dar para o inverno seguinte, comprem-na. Um sobretudo ou umas botas irão dar sempre jeito e fazer falta. Posso garantir-vos! 
E já agora, boas compras!

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.