November 12, 2016

...ainda se lembram da luta contra a mordida cruzada?


Desde que fui de férias de verão que tenho andado em falta sobre a história (maldita história) da minha mordida cruzada. Não porque não me apeteceu, mas sim por puro esquecimento. Coisas de quem anda sempre a mil no mínimo. Não liguem. Mas, falando de coisas sérias... Ontem foi dia de ir ao dentista após o trabalho. E como devem calcular o meu pensamento é sempre o mesmo: "Lá vou eu levar nas orelhas". Apesar de ir colocando os elásticos, sei que deveria colocá-los o dobro das vezes e que o simples facto de não colocar atrasa o processo. Talvez já estivesse quase despachada, a verdade é esta. Estupidez a minha. Acarreta com as consequências Joana! 

Perante tal afirmação minha, já conseguiram entender que a mordida cruzada ainda está por cá, mas só de um dos lados, portanto, metade da batalha já foi ganha! Falta o resto! Os dentes estão a mover-se e afinal o caso não está assim tão mal parado. Mandem-me por aí uns quantos quilos de força e paciência para ver se despacho esta situação e se tiro o aparelho... Sim, por mim era já, mas ainda falta mito! Ver o sorriso, completamente direito, sem arames vai ser uma sensação espectacular de certeza e eu já só consigo pensar nisso. Mas até lá tenho ainda vários dias e semanas e meses para tratar desta coisa chata. E para já tenho uma dor na boca que não desejo a ninguém! Ontem há noite já estava com as dores e hoje acordei com elas na mesma. Do lado onde a mordida está causada é claro e faz todo o sentido. É sinal que os dentes estão mesmo a ser puxados a ver se a coisa têm resolução sem um expansor! Façamos fígas, façamos!

2 comments:

  1. Como eu te compreendo! Já usei aparelho durante muito tempo e esses elásticos, e sei o quanto custa! Mas, garanto-te, o resultado final vale mesmo a pena, ter os dentes perfeitinhos faz todo o sofrimento valer a pena :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ReplyDelete
  2. Acho que a maior força que podes ter é concentrar-te no resultado final e no quanto vai valer a pena! As melhoras para essas dores e muita, muita paciência.

    Um beijinho,
    Beatriz do Bookaholic.

    ReplyDelete