August 18, 2016

Dramas no guarda-roupa

Hoje é o dia de vos reencaminhar para o blog da consultora de imagem dentro de minutos! Como alguns de vocês já sabem, pelo menos os que visitaram o facebook, nós as duas já tínhamos uma parceria onde mensalmente são abordados vários temas sobre a imagem e sobre moda. Agora, para além dessa, temos uma nova parceria. Surgiu a ideia, foi aprovada e já está on-line! Mensalmente vou lançar um drama em tom de brincadeira, que é meu ou que poderá ser de qualquer outra pessoa, por isso se tiverem algum drama que queira uma pequena ajuda, é só deixarem um comentário por aqui! 

A ideia surgiu-me para dinamizar ainda mais o espaço que foi melhorado recentemente e que é o blog da nossa querida consultora, surgiu-me também porque é uma ideia que nos passa pela cabeça. Todas nós temos dramas, todas nós temos dilemas que não resolvemos muito a bem. Por vezes é mesmo a mal. Por isso, não se envergonhem! 
Sempre que virem este logótipo é porque vem aí mais um drama, mais um problema! Eu vou deixar-vos o meu por aqui, mas caso queiram saber a solução, vou reencaminhar-vos para o blog da Rita. O chamado efeito surpresa!
#1

[se marcar menos a silhueta pareço uma baleia?]


Uma coisa que muitas de nós fazemos porque achamos em algum momento da nossa vida que a coisa resulta e que nos ajuda imenso é usar roupa justa ao nosso corpo, seja ela qual for ou de que tipo for. Honestamente já passei por isso e acreditem que era um dilema daqueles. Atenção que não usava o primeiro trapo que agarrava nas lojas, escolhia o que queria, mas durante muito tempo achava que uma roupa mais larga ou que marcasse menos a silhueta me deveria fazer parecer uma autêntica baleia ou quiçá um cachalote até. 

Quando era mais nova era uma adolescente gordinha, depois comecei a tornar-se mulher e mesmo assim só passado alguns anos é que a coisa mudou e perdi bastante peso, o que me permitiu sentir melhor comigo mesma e usar peças de roupa que provavelmente não entrariam no meu guarda-roupa quando o problema era achar que iria parecer mais gorda  com roupa que não fosse justa, ou alapada, como muitas das vezes lhe chamo. 
Em vez de umas calças justas, porque razão não poderia optar por umas calças mais largas? No verão então, usam-se tanto! Ou quem sabe um vestido mais folgado, mais esvoaçante ou até mesmo rodado? Não usava porque era parva, mas acreditem que ainda hoje pergunto muitas vezes a quem me acompanha durante as compras, se aquele vestido ou aquela blusa não me faz parecer mais gorda. É rara a vez em que esta pergunta não me salta da boca. Apesar de saber perfeitamente que... temos de saber escolher e sobretudo conhecer o nosso corpinho. Enfim, acho que este é um dos piores dilemas que me podia calhar na rifa, mas calhou e em força. 

Agora atentem bem nas palavras sabias da nossa consultora de imagem aqui e digam-me se gostaram da crónica!

1 comment:

  1. Adorei este post, querida! ♡ xo
    frompeonies.blogspot.com

    ReplyDelete