March 19, 2016

Ainda sobre o levantamento de mordida

Percebi que mesmo depois do meu post sobre esta história da mordida cruzada e do levante da mordida as dúvidas continuaram a existir e então achei melhor tentar explicar um bocadinho mais sobre o assunto. Vamos por partes, sim? É melhor!

O que eu tenho é a mordida cruzada, ou seja, normalmente é quando os dentes superiores se fecham por dentro dos dentes da arcada inferior. É claro que existem vários tipos, ou vários dentes a ficar fechados ou bloqueados. Chamemos assim a coisa. E é óbvio que isso é uma chatice. Não permite uma boa mastigação e quanto mais tarde for tratado pior é, porque os nossos dentes têm memória. Já devem ter ouvido esta frase não é? E então o processo é mais complicado ou com uma taxa de resolução menor. Enfim. O que se pode fazer, é o que estou neste momento a tentar. Vamos por tentativas e passinho a passinho. A primeira coisa a fazer foi o levantamento de mordida, que como expliquei é por uma resina (uma massa, algo assim!) Percebem? Como mostrei no post anterior. A cor é azulinha e faz com que os nossos dentes não se toquem, logo anula aquele cruzamento que existe nas arcadas deixando de bloquear os dentes.

É claro que ainda há mais hipóteses, como por exemplo os elásticos intermaxilares e creio que no pior dos casos cirurgia. Não creio que faça qualquer tipo de cirurgia. Era só o que me faltava agora também! Para já levantamento de mordida e o próximo passo os elásticos. Vamos lá ver como a coisa corre... 

Entretanto, perceberam o que é o levantamento e a mordida cruzada? 

Vou deixar-vos uma imagem representativa de uma das formas possíveis da mordida cruzada e aquela em que eu acho sinceramente que me encaixo: 


Nunca senti grandes problemas, ou achava eu que não sentia. No entanto agora agradeço por estar a corrigir este problema. Quero uns dentes bonitos mas que também me permitam ter mais saúde oral e sobretudo porque os dentes influenciam um pouco de tudo no nosso organismo. 

Posso dizer-vos também que as dores de cabeça iniciais já não existem! Foram uns dias horríveis, é verdade, mas agora estou bem. As dores de cabeça desapareceram e já não dou males à minha vida! 


No comments:

Post a Comment