February 07, 2016

Um dia com detox

Desde a semana passada que já estava prometido o que iria acontecer nesta sexta-feira. O que iria acontecer é isso mesmo que vocês já perceberam só pelo título do post - eu iria experimentar estar um dia só a detox. E a coisa deu-se. Após trocar alguns e-mails com a DO! DETOX ORIGINAL, combinámos que os sumos chegariam até mim na quinta-feira que passou. 














Antes de começar a matar a vossa curiosidade e a dizer como é que a coisa correu para mim, quero tentar explicar porque é que eu acho que é importante entrarmos numa onda detox de vez em quando. Sim, de vez em quando, não é coisa para se fazer sempre e muito menos só porque é moda. Fazendo os sumos em casa, ou comprando, acho que devemos ter em mente que o detox não é uma dieta, é apenas uma forma de libertarmos do nosso organismo uma data de coisas que não nos interessam, que não nos fazem falta, libertarmos o nosso corpo de todos aqueles excessos que por vezes cometemos. Por isso, nada de fazermos do detox uma "nova alimentação". A minha opinião pessoal, é que talvez nos dias seguintes também nos ajude a diminuir a quantidade de comida no prato. Eu já como em pequenas quantidades, mas acho que ao comer fiquei cheia mais rapidamente. O que para quem é muito comilão acaba por ajudar. 

Agora passemos à minha experiência. 

Confesso já por dizer que foi um dia complicado para iniciar o detox  porque tinha-me deitado perto das três da manhã por ter ficado a trabalhar numa renovação e o primeiro detox inicia-se às sete da manhã (estão a ver o filme, não estão?). Ignorando esse facto, comecei muito bem com o primeiro sumo - é o amarelo que vêm fotografia -  este é composto por ananás, limão, funcho e gengibre. Foi o mais fácil de beber de todos. Eu não sou fácil quanto a sabores em geral. Tenho boa boca, mas quando algo não me sabe bem a coisa complica-se mesmo, acreditem. O primeiro sabia bem, apesar de sentir aquele gosto do gengibre mais acentuado. Depois de beber o primeiro, fiquei à espera para perceber se ia sentir fome ou não, e não senti! Senti-me bem, como se tivesse tomado um pequeno almoço dito normal. São 500ml de sumo não é?! 

Depois, passei para o segundo detox, que é o verde claro, que é composto por curgete, kiwi, coentros e maçã. Este aqui já deu direito a algumas caretas da minha parte, mas bebi todo no tempo determinado e mais uma vez fiquei completamente saciada. Acreditem ou não esta era uma das razões pelas quais queria experimentar o detox. Queria perceber porque razão via a maioria das pessoas desistirem e acabarem por comer algo a meio do dia. Sinceramente, não há razão para isso. Esse não é um ponto que vos possa fazer desistir, pelo menos para mim.



Chegou a hora de ir trabalhar e como os sumos devem ser mantidos no frio, levei uma geleira pequenina, daquelas térmicas e lá fui. Cheguei e comecei a beber o sumo. A composição do terceiro é laranja, cenoura, limão e gengibre.  Este já deu mais luta, o gengibre novamente a marcar a sua presença. Maaaaaas, bebeu-se! Sensação de satisfação novamente bem conseguida. 

O meu grande problema começou aqui. Qual é o problema? É a questão de eu aceitar bem certos sabores e não aceitar outros tantos. Faltavam dois sumos e eu estava a aguentar-me lindamente. Comecei a sentir dificuldades no quarto sumo, porque o sabor, para mim, era forte. E talvez a junção de um ou dois sabores pode ter-me feito essa sensação na boca, mas, não desisti! Quando cheguei a casa, faltava um sumo, o verde escuro... outro que me deu grandes dificuldades pela mesma razão. E é importante frisar que o que eu julgava ser uma dificuldade não foi, que era o "passar-fome". Não se passa fome ao fazer um dia detox. Nada disso. Para mim o único problema foi os sabores dos dois sumos finais, mas eu sou uma esquisita, vocês podem perfeitamente por-se à prova e não terem sequer este dilema!



Vamos então aos pontos fortes e às dificuldades! 

Pontos fortes: 
- Sensação de satisfação: check
- Libertação de tóxinas: check
- Diminuição da fome nos dias seguintes: check

Dificuldades:
- Os dois sabores finais (mas reforço a ideia de que eu tenho facilidade em existir determinados sabores na comida que não são mesmo possíveis de descer pela minha bela garganta, por isso, não se apoquentem.)


Já experimentaram? Não? Gostavam de experimentar? 
Amanhã trago-vos uma coisinha que vos pode ajudar a querer provar! 

3 comments

  1. Realmente estou contigo, não acho que detox seja um estilo de vida mas sim um upgrade do nosso corpo...
    O que ainda não me levou a experimentar, foi mesmo o 'medo' dos sabores que vou encontrar :|
    Talvez um dia, quem sabe, me aventure...
    Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Fiquei com pena de não teres referido os últimos sabores linda!
    THE PINK ELEPHANT SHOE | FACEBOOK | INSTAGRAM |

    ReplyDelete
  3. Upss...Desconhecia Totalmente estes Sumos ...Quem sabe um dia ;)

    http://odiariofemininoblog.blogspot.pt/

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.