February 14, 2016

All about love


Hoje é dia dos namorados. Deveria ser todos os dias, e até é, se pensarmos bem sobre o assunto. Se namoramos com quem realmente é a nossa outra metade, a pessoa que nos atura as resmunguices, é certo que teremos o dia dos namorados todos os dias, só porque lá está a pessoa, só porque ela nos dá a mão ou nos chama qualquer coisa querida. O amor não tem receitas, mas precisa de tudo o que esta receita que vos deixo diz. O amor só é amor porque é composto por uma data de coisas importantes, daquelas que fazem mesmo falta. Se não, não era amor. Senão, não era nada. Para mim, o amor é cada vez mais amor. Porque tenho a sorte de ter quem amo ao meu lado. Nem todos temos. Eu tenho e gosto de dizer-lho sempre que posso. Hoje, é só mais uma desculpa para isso. E como é claro, eu vou aproveitá-la e agradecer-lhe por todas-as-palavras-queridas, por todos os gestos e paciência que é precisa. O truque é ser a dois. Ter paciência a dois, respirar fundo a dois, e por aí fora. Porque é nos momentos mais complicados que nos testamos e que apesar disso nos mantemos por perto. Os beijos, os abraços e os carinhos, vão tender a aparecer, se passarmos pelo inspira-expira nos maus momentos. Obrigado amor. Não por hoje, mas por estares por cá e por cá ficares. 

1 comment:

  1. Poderia escrever muito, poderia tentar dizer algo diferente do que já te disse e já te escrevi, no entanto digo apenas que te amo, digo que para mim o amor tem em ti a forma humana, que o amor para mim és tu.

    Obrigado! <3

    J.

    ReplyDelete