February 22, 2016

A senhora do autocarro

Já andava com saudades de escrever estes textos, o tempo para escrevê-los é sempre pouco, mas creio que com as mudanças que estou a preparar aqui para o espaço vou passar a escrever mais vezes! 



Hoje falo da senhora do autocarro. Quem é esta senhora? Não faço a mínima ideia, a única coisa que sei sobre ela é que sempre que entro no autocarro quando saiu do trabalho ela também lá está. Provavelmente porque precisa para ir trabalhar também, segundo eu já a ouvi dizer. Até aqui, nada de estranho, não é? O que eu ainda não descobri é que tipo de trabalho será. E atenção que quando digo senhora, é mesmo senhora. Daquelas senhoras que até usa os óculos na ponta do nariz para conseguir ler o que está na mão, seja um telemóvel ou uma revista. A senhora lá vai. Só que contrariamente à minha pessoa, a senhora "nunca" se senta. E atentem bem nas aspas, porque é isso que vou explicar. Essa tal senhora, cujo nome ainda não sei qual é, vai sempre na conversa com o motorista. Das primeiras vezes pensei que o conhecia, que já eram amigos, quando me apercebi que quando mudava o motorista ela permanecia no mesmo sitio e a rir-se da mesma maneira,  achei que já era coisa a mais. Será que a senhora conhece todos? Não, não conhece nada. Um deles, percebi eu que era ela que se estava a meter com ele e pronto, lá foi ela para a frente. E notem... é proibido falar com o motorista, mas nunca ninguém liga a isto, não é? 

Eu disse "nunca" entre aspas não foi? Pois, a razão é porque nesta última semana que já lá vai, ela veio sentada, sossegada no seu telemóvel e com a sua mini-saia e os seus saltos altos. Muito mais altos do que quaisquer uns que eu use. Esta senhora às vezes faz-mesmo confusão. Mas se ia sentadita é porque o motorista desta semana ainda não foi um alvo. A mim faz-me um bocadinho de confusão, não sei bem qual é a ideia ou se realmente os conhece a todos... mas naqueles trajes é no mínimo estranho para os restantes passageiros. 

7 comments

  1. Uma história no mínimo peculiar. Só de imaginar o episódio... :)

    Boa semana Joana!

    Beijinhossss

    ReplyDelete
  2. hmmm pensava que era só eu que reparava neste tipo de coisas estranhas. Pode ser que se sinta só e com falta de atenção, por isso conversa com os motoristas, não há como eles fugirem... as pessoas fazem uma série de coisas estranhas, mas na realidade só nos parecem estranhas porque não sabemos o outro lado da história. Vai nos mantendo a par, fiquei curiosa para saber o que se segue.

    ReplyDelete
  3. Há sempre um passageiro estranho na nossa rotina, principalmente quando temos sempre o mesmo horário eheh também tenho uns quantos passageiros caricatos, mas no metro mas meto-me a pensar se não me acham eles caricata também eheh :D

    gostei bastante da estranheza da sra :D

    beijinhos, jess
    girlygirlsthinkpink.blogspot.com

    ReplyDelete
  4. Hmmm fiquei curiosa com esta história :) espero mais capítulos :)
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ReplyDelete
  5. Olá, muito bom dia.
    Convido-te a visitares o meu blog. Após alguns ajustes, pretendo seguir com este projeto de coração.
    Com o blog, pretendo partilhar, entre outras coisas, novos lugares, experiências e sabores.
    Caso já o faças, resta-me agradecer.
    Beijinho e uma ótima semana!

    Mónica Rodrigues dos Santos
    http://cupcakewomen.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  6. Pois,agora deixas me a pensar também...mas que raio!! Há coisas do "arco da velha". Bom e o que deduzo não vou dizer não é assim?! Mas provavelmente.....Pois.....Beijokas muahhh
    ❤ Célia Santiago
    Diário Feminino
    FacebookInstagramYouTube

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.