January 25, 2016

De Cavaco a Marcelo | Sobre notícias #20

Eu disse que iria falar sobre isto e vou falar. A minha primeira pergunta é simples: será que ainda não sabíamos que iria ser este o desfecho? Como sempre e porque na política, digo isto muitas vezes, não sei se será bom ou se será mau - simplesmente não sei. Lá mais para a frente é que iremos ver. O cerne da questão aqui é que o Marcelo era aquele que não precisava de nada, porque todos o conhecíamos. Muitos porque foram seus alunos e outros tantos porque estávamos habituados a vê-lo à noite a fazer os seus comentários. Verdade ou mentira? 

Esta vitória ou campanha, como assim o preferirem já andava a ser preparada há algum tempo e é assim que saltamos de Cavaco para Marcelo. Se bem que como este resultado já era o esperado, não foi a grande vitória da noite. Provavelmente uma das grandes vitórias foi ver o Tino de Rans a concorrer e a ficar com um lugar que se sentiu muito contente até.
"Faltando apurar apenas os resultados em duas freguesias, Vitorino Silva surge em sexto lugar com 3,29%, o que corresponde a 151.514 votos. "Tino de Rans" ficou à frente de Paulo Morais e Henrique Neto e a menos de um ponto percentual de Edgar Silva e Maria de Belém." 

Frase retirada do jornal de negócios: 


A verdade é que ele se safou bem em alguns lados. E provavelmente as grandes massas andaram a rir e a brincar com a situação, mas a verdade é que o Tino não é burro algum. Podem faltar-lhe inúmeras coisas para chegar a determinadas posições, como a Presidente da Republica, mas calma lá, que ele sabe mais do que nós pensamos. 

A abstenção foi enorme. Como sempre. Novidades: zero. E Tino voltou a dizer algo certeiro quando disse que isto quase pareciam reeleições e que Marcelo já teria vitória certa. Estão a ver como eu tenho razão? O homem diz coisas certas.

3 comments

  1. Concordei com tudo o que tu disseste e só espero que este novo presidente da república faça mais do que aquilo que promete, visto que é muito conhecido do público.
    Bjs

    ReplyDelete
  2. Concordo e muito contigo. Também abordei sobre o assunto de ontem e tenho exatamente a mesma opinião em relação a Tino de Rans. O que é certo é que não é preciso ser-se médico ou professor para se candidatar e Tino sem duvida mostrou que alguém de uma classe social mais baixa também pode chegar longe.

    Beijinhos,
    Marina

    http://myway-of-thinking.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Ola Joana,
    Concordo contigo, já se sabia à partida que seria o vencedor...
    Quanto ao Tino, também concordo contigo...é um diamante em bruto, precisa ser lapidado :).
    Beijinhos.

    misscokette.blogspot.pt

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.