October 17, 2015

Nem tudo é bom, nem tudo é mau


O sábado de manhã passou a ser daqueles dias em que é suposto por tudo em ordem cá em casa, "em mim" e pelo blogue também (ou pelo menos tentar). Depois de ter tudo arrumadinho e organizado como queria cá por casa, organizei-me a mim, que também mereço ter uns minutos para mim que não gosto nada de ser desleixada, aliás, acho que é palavra que nem entra no meu dicionário, por isso despachei tudo, quando me deparei com algo que me deixou realmente triste por esta blogosfera imensa, mas não há nada a fazer quanto a isso. Mas... sim, mas, como nem tudo é mau, já dizia o título do post, passado uns minutos tive uma notícia muito boa! Uma das minhas seguidoras depois de ler o que por aqui falo do Instituto Médico e Dentário do Barreiro, decidiu ir ter a sua primeira consulta! É uma alegria saber que consigo ajudar os outros. Aliás, é das coisas que me mais feliz me deixa. Confiarem no que escrevo, porque o que digo é com honestidade e não por ser parceira do espaço. 

Como já disse, odiava dentistas e odiava os meus dentes. Foi preciso muita coragem, muita força interior para sair desta situação e ali ganhei confiança nesse aspecto. Não é mentira, ou exagero da realidade só-porque-sim. Se sou bem tratada digo-o, e quem já lá foi por meu intermédio de certeza que acha o mesmo. Até porque nunca disse que não tive dores, é claro que tive, não muitas ou nada insuportável. Até fui bem poupada nas dores (da extracção dos sizos) para minha surpresa!

E pronto, hoje era só isto. Um desabafo sobre coisas boas e más. As más vou deixar para trás das costas. E já sabem, qualquer dúvida ou interesse pelo Instituto onde estou a arranjar os dentes, é só falarem comigo por e-mail ou por mensagem privada no facebook do blog. 

Já agora, os dentinhos estão de boa sáude e estão a ver se se endireitam. Já não tenho dores e lá se vai comendo!  

No comments:

Post a Comment