July 31, 2015

Ser gordo e as conversas que andam por aí!

Bem, este é um daqueles assuntos em que eu pretendia dizer umas palavras faz alguns dias. Não tinha conseguido arranjar o tempo suficiente para escrever algo com pés e cabeça ou que exprimisse bem a minha opinião, Hoje finalmente consegui. Por isso, vamos lá. 

Nos últimos dias, tenho visto inúmeras publicações sobre o ser-se gordo, sobre o que podem ou não vestir as pessoas que têm excesso de peso e o exagero sobre este assunto tem sido algo que me deixa realmente transtornada porque já fui gorda. Curto e grosso, mas é mesmo assim. Fui gorda e não gostei de o ser. 
Infelizmente o que tenho visto são algumas publicações que comprovam que anda por aí muito excesso de ideias sobre o assunto. Publicações sobre valores entre peso e altura que não lembram a ninguém, onde muito provavelmente não iria existir a palavra saúde de tão magras que as pessoas seriam, mas, de qualquer modo (e como eu julgo já ter mencionado em mais do que um dos meus posts), não é saudável de modo algum ser-se gordo. Às vezes escolhe-se sê-lo ou não, outras não escolhemos. Mas podemos sempre tentar melhorar ou se possível acabar com essa situação. Embora eu saiba que é uma luta difícil, não é impossível. Se eu fui, e hoje não o sou, sei que é possível. E não foi fácil. Já não sou assim faz alguns anos, mas não muitos. Talvez uns 4, se tanto. Por isso enquanto estiverem a ler esta publicação, por favor, lembrem-se que não estou contra ou a favor das mil e duzentas coisas que ouço. Simplesmente é a minha opinião. A opinião de alguém que já teve peso a mais e que sabe o que isso pode trazer mau até mesmo a nível psicológico

Não vale a pena andarmos sempre a batalhar na tecla do excesso de magreza ou nos problemas que com a mesma acabam por chegar, é verdade que está errado. Está mesmo! As pessoas não notam até chegarem a um ponto em que não dá mais, em que só existe pele e osso. Um limite que por vezes não dá margem de manobra para lutas e que acaba por danificar a saúde, a pessoa. Mas, por outro lado, também não vale a pena andarmos a tentar mostrar que não há grande problema em ter excesso de peso, porque se existe problema para o lado da magreza, existe também o outro lado. Existem sempre dois lados e nenhum destes é bom, nenhum traz saúde. 

Tal como eu disse, já fui gorda, e tive muitos complexos. Fui prejudicada muitas vezes por essa razão. E não é só por ser-se menos ou mais bonito. Isso nem interessa. Mas há que saber o que vestir, não é só o que nos enche os olhos, porque nós somos seres humanos, imperfeitos, bem sei, mas somos muito críticos e sem darmos conta mandamos mais de cinquenta facas uns sobre os outros. E não vale a pena duvidar disso. Nós agimos assim uns para com os outros. Não para todos os outros, mas caímos sempre nessa asneira, ora na rua, no supermercado, enfim. Acontece. Está mal? Está. Mas acontece. E fazemos isto com gordos e magros, ou seja, aquela história do "se é gordo não devia vestir isto" pode ser dita a um magro ou a uma qualquer outra pessoa. Porquê andar a gritar aos quatro ventos que se gostamos é vestir e toca a andar? Eu não consigo compreender, não consigo mesmo. 

Nós somos humanos e é impossível que tudo nos assente que nem uma luva, óbvio! Mas podemos tentar olharmos ao espelho e pedir opinião a alguém se não tivermos certeza de que algo nos favorece! E há por aí muito magro e muito gordo que sabe vestir-se e muitas pessoas com as medidas normais que nem sempre sabem. Por isso, parem de tentar travar uma batalhar de pesos e balanças, porque não passa por aí. Passa por aceitarmos o nosso corpo como ele é, ou mesmo que não o aceitemos, tentamos. E tentamos também usar uma roupa que nos fique bem. Só isso. Que nos assente bem e que não nos faça aparecer os nossos piores pontos. Porque se facto não gostarmos deles, por muito que levantemos a mão e gritemos que estamos bem connosco próprios, por vezes, não passam só de palavras. É bom usarmos o que gostamos, mas é igualmente bom usarmos de bom senso, tenhamos nós o peso que tivermos. É igual para todos. 

7 comments

  1. Replies
    1. Obrigado Jéssica! É óptimo saber que fui compreendida! Beijinhos

      Delete
  2. Eu sou e devido aquele contra tempo só me apetece devorar gomas. Pronto sou gordinha. Pahahah
    Grande texto!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não acho que sejas rapariga! Não creio mesmo!
      Obrigado! Beijinho grande

      Delete
    2. Sou sim, mas sou mais da cintura para baixo. Coxona grossa e grande anca pahahah. Tento mudar, mas amo comer. Nunca fui magra. Gostava de ser, mas não sai dos 68-74kg e tenho 1.60 m. Sou muito estressada para cumprir dietas :p beijinhos

      Delete
  3. Eu concordo com o que escreveste até certo ponto. Enquanto concordo que devemos ter noção do corpo que temos, também acho que se uma pessoa se sente confortável, em frente é que é caminho. Há muitas pessoas com peso acima ou abaixo do indicado que se sentem bem, portanto não é por isso que devem deixar de usar crop tops ou calções. Pode não ficar "esteticamente bonito", mas estão confortáveis. Ainda por cima no Verão! Com o calor uma pessoa deve pôr o conforto acima da estética, seja gordo ou magro, se quer pôr as pernas de fora é problema deles.
    Embora a moda esteja na moda (parece redundante mas espero que compreendas), há muita gente que não está nem aí para essas coisas, quem está de fora também deve saber compreender isso. Acho que o bom senso também se aplica à compreensão com as escolhas dos outros.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu concordo com isso querida, que nos devemos sentir confortáveis, mas sei que existem muitas meninas que não têm noção e que acabam por a nível psicológico ficar "menos bem" digamos assim. Se nos sentimos bem, devemos usar à vontade as coisas, mas isto do usar à vontade não terá nada haver com o ser-se gordo ou magro! É cada individuo, entendes? Seja ele como for! Não importam modas, ou algo do género. Eu sou contra as modas, uso o que gosto, se gostar da moda até posso usar. Espero que tenhas compreendido o texto! Beijinhos <3

      Delete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.