April 30, 2015

São 22


"A minha história de amor" já vai longa e hoje vou fazê-la crescer mais um pouco. Acho que se pudesse escrevia todos os dias sobre amor ou sobre o meu amor. Não sei porquê, só sei que faz parte de mim. E se ontem foi um desses dias, hoje a história repete-se. Se bem que hoje o dia é outro. Hoje é dia trinta, e é em todos os dias trinta que agradeço o facto de teres aparecido na minha vida. E se existem pessoas que dizem que a lembrança da data poderia ser só de ano a ano, eu discordo totalmente, porque não é só de ano a ano que é importante lembrar-mo-nos do quão importante foi e é a presença de alguém na nossa vida. Não vamos andar em festa todos os dias (não é que fosse mau, mas ninguém tem vida para isso), mas podemos lembrar-nos de que esse dia existe e está lá para ser lembrado, pelo menos de vez em quando, não faz mal a ninguém! Até porque no amor mostrar que esse dia fez diferença será sempre bom. E eu vou lembrar-me sempre que o dia 30 é um óptimo dia para te dizer o quanto te amo. Não é que não diga todos os dias e até mais do que uma vez ao dia, mas certamente será um bom para te dizer o que sinto.

Só que nem tudo é cor-de-rosa, nem todos os dias são bons e repletos de alegrias; alguns também são negros ou só acinzentados, esses dias também fazem parte. Mas é quando tudo está cinzento, que temos a hipótese de escolher. Escolher se queremos lutar e continuar ou se temos vontade de desistir e jogar tudo o que está para trás para o chão. É também nesses dias, mais cinzentos, que queremos um abraço daquele que amamos. E tu dás-me os melhores abraços do mundo. Dás mesmo. E eu era incapaz de os trocar, fosse pelo que fosse. É quando os dias estão escuros, que te procuro e que te quero por perto. É quando os dias são assim-assim, que preciso das tuas palavras e dos teus gestos. Não quero outros, porque é só dos teus que eu preciso. 

É de ti e do teu amor que eu preciso. Desde o dia em que apareceste que o meu mundo ficou virado do avesso. E é desde esse dia que eu te quero comigo. É desde esse dia que te quero com a mesma força (ou será mais ainda?). 

Feliz o dia que passaste a fazer parte da minha vida. Feliz o dia 30. Felizes, somos nós. 
Amo-te J. 

2 comments:

  1. Opah, que lindo!
    Fico feliz por ti e que venham mais 30 dias 30.

    Beijinho *

    | http://xlittlebitof.blogspot.pt/ |

    ReplyDelete
  2. Escreverias todos os dias sobre amor, porque tens um coração cheio de amor, porque és e serás uma eterna apaixonada, e eu serei eternamente apaixonado por ti. Por me preencheres por inteiro o coração, por seres a melhor namorada do mundo, por seres a minha linda princesa.
    Ambos temos dias em que o céu é menos azul, mas acabamos, felizmente, por encontrar o lápis certo para o colorir. E ainda bem que assim é, para que possa voltar a ver-te sorrir, com esse teu sorriso lindo... Lindo como tu o és, meu amor.

    (Sempre a escrever muito bem, sempre com aquela facilidade de fazer a tripla ligação coração-cabeça-mão e a conseguir textos fantásticos)

    AMO-TE MUITO!!! <3

    J.

    (demorou o comentário, mas chegou... quase que me apetece dizer, ainda bem que está de chuva)

    ReplyDelete