April 08, 2015

Não sou supersticiosa, nem desejo mal a ninguém

... a menos que me desejem a mim.

O que costumo dizer a quem me deseja mal e reza todos os santos dias pela minha desgraça, é apenas que esse desejo caia sobre a sua própria cabeça. É tão simples e até acho que é justo. Atenção, isto é aplicável nas mais diversas situações da vida ou do dia-a-dia, como preferirem. No trabalho, na vida pessoal, nestes meios virtuais, ou noutro qualquer! É fácil conhecermos alguém que ache que  não temos mais nada para fazer e então ocupamos o nosso belo tempo a desejar todo o mal do mundo ao fulano x ou à fulana y. Mas não pensem que é assim, porque existem pessoas que simplesmente não perdem o seu curto tempo a desejar mal aos outros, mesmos que não gostem da atitude ou da postura numa determinada situação. Nem todas as pessoas gastam minutos a pedir que esses ditos fulanos não consigam atingir os seus objectivos.

Mas o pior de tudo é que esses fulanos não percebem que são os únicos a perder tempo com essas coisas. Tempo e energia. E agora fui eu que perdi uns minutos a tentar explicar-lhes que na verdade não vale a pena pensarem mais nisso...Há quem trabalhe e tenha vida para além do trabalho, e que não consiga gastar tempo em pedidos ao Divino para tanto mal junto. Eu acho um pouco inútil esse exercício, porque na verdade, se alguém pretender desejar mal a outrem, vai permanecer a pedir e a tornar a pedir e pode nunca ganhar nada com isso. Por isso, não era algo muito inteligente.



E depois não sou, nem nunca fui uma pessoa muito supersticiosa, ou seja, aquelas frases do género: "Tens as orelhas vermelhas... devem estar a falar mal de ti" ; "Dói-te a cabeça? Isso é mau olhado!" ou "Estás a bocejar e não consegues parar? Mau sinal...", para mim nunca fizeram grande sentido. Não acredito nisso simplesmente. Embora que em momentos mesmo muito maus possa quase questionar se deveria ou não acreditar, se existe ou não alguma força que me puxa para baixo.  Mas não consigo mesmo acreditar. Se não, também vos digo, estava mal da vida, porque há quantidade de dores de cabeça que vou tendo, era praticamente todo o santo dia que me estavam a desejar coisas horrorosas. Não pedi nunca rezas a ninguém e acho que nunca irei pedir, digam o que quiserem ou desejem o que bem entenderem, porque se eu continuar a lutar certamente irei dar a volta por cima. Apesar de nem sempre a justiça andar de mãos dadas com a vida, acredito que de qualquer forma, todos aqueles que decidam lutar, conseguem. Uns mais, outros menos.



Relativamente à minha pessoa, sei que vou abaixo com determinadas palavras vindas da má educação e sobretudo da injustiça, mas não posso fazer nada quanto a isso. Posso sim parar de ir abaixo, levantar as mãos e arregaçar as mangas. É a melhor maneira de agir, por isso, apesar deste mau tempo que está para durar mais uns dias, já arregacei as mangas. O futuro irá encarregar-se do resto. O futuro e eu. 

12 comments

  1. Concordo contigo, sou do tipo de pessoa que apesar de não gostar de certas atitudes não me dedico a dar lições de moral a ninguém. Mas infelizmente anda por aí muita gente que não sabe o que por aqui anda a fazer e só se dedica a envenenar os outros com a sua podridão.

    Beijinhos Joana

    ReplyDelete
    Replies
    1. Aí é que está o problema. Eu às vezes ainda perco uns minutos, mas sei que faço mal. Tens toda a razão do mundo...

      Beijinhos!!

      Delete
  2. joaninha solta-te!! Estas a a precisar de desabafar!

    ReplyDelete
    Replies
    1. e se tu tens razão Marta!! Precisava mesmo...mas acho que só ia trazer mais ódios e coisas do género!! Se fizesse a vontade ao dedo, lá se ia o teclado! Unffff

      Delete
  3. Bem Joana! A continuar assim o blogue vai de certeza ficar famoso! Muitos parabéns por toda a dedicação! A renovação incluiu "imagens com os títulos dos posts" já personalizadas! Isso revela empenho e fica GIRO!

    http://atualidadesbyclaudia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh rapariga, que querida... Quando aceitei o teu comentário à tarde fiquei a pensar que tinha MESMO de responder. Era mais do que bom que tivesses razão! Mas não faço ideia se isso um dia acontecerá. Até lá vou pedindo que sim!

      Beijinhos enormes

      Delete
  4. Concordo contigo! Eu muitas vezes até prefiro ignorar certas provocações e tudo que é mesmo o melhor remédio.
    Beijinho*
    Novo post e giveaway a decorrer no blog, participa :)
    http://andreiiaad.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Devia fazer isso mais vezes Andreia. Devia mesmo!

      Beijinhos grandes :)

      Delete
  5. Adorei o post! Vê o meu blog e se gostares segue <3
    http://1100days.blogspot.pt/2015/04/coco.html

    ReplyDelete
  6. Sou como tu, também não acredito nessas coisas, passa-me completamente ao lado! Beijinho xx

    The eyes of a Mermaid

    ReplyDelete
    Replies
    1. É que é mesmo... não ligo mesmo nada!!!

      Delete
  7. Ja aprendi q o melhor remedio e mesmo esse nao ligar, por mais dificil q nos seja, tem mesmo de ser, querida Joana, para bem da nossa sanidade mental ;)

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.