April 29, 2015

Fala-me de amor


Fala-me de amor. Dizia-te eu... Fala-me de amor e não te esqueças de falar dele. O amor, esse, é para ser falado e demonstrado. Nunca o separes nessas duas acções. Porque ele só é bom dessas duas formas, juntas, claro e de mãos dadas. Assim, como tu e eu. 

Fala-me de amor, por favor. Fala-me desse amor que tu sentes e que guardas para ti, porque se não falares, poderão pensar que já não o sentes. Fala-me desse amor, e se um dia não conseguires falar, mostra-me. Mostra-me como tu sabes fazer, como tu sabes fazer-me acreditar. Mostra-me que é mais do que se vê. Mostra-me que é mais do que aparentemente é. Fala-me de amor e agarra-me com força. Abraça-me contra ti, contra o teu peito. Abraça-me como se sentisses medo. Abraça-me como se não quisesses que me fosse embora nunca. Abraça-me assim. Abraça-me a mim. Faz com que nunca me queira ir embora, ama-me de um amor nosso, ama-me de um amor diferente. Não ames com banalidade, não ames como os outros amam. Ama-me a mim. Ama-me assim ou então ama-me simplesmente. Mas lembra-te que para amar tens de falar e demonstrar.

Fala-me de amor, pode ser? Não custa muito, ou custa? Falar também pode ser através de poucas palavras, sabias? Mas fala. Conheces aquela expressão "poucas mas boas"?. É mais ou menos isso. Aliás, é isso mesmo. Até aquela pessoa de poucas palavras, pode dizer as mais acertadas, porque nas palavras creio que a qualidade se sobrepõe à quantidade. Não importa se dizemos 1200 palavras ou se dizemos 20 palavras, se essas 20 nos fizerem sentir alguma coisa, se essas 20 nos abalarem o nosso mundo, certamente serão mais importantes do que as 1200 palavras. 

É isso mesmo. Abala-me com meia dúzia de palavras. Como hoje. Abala-me e agarra-me ao mesmo tempo. Abraça-me sem te pedir. Abraça-me e mostra-me que jamais poderei ir, que não queres que vá, que queres que a tua morada seja a mesma que a minha e a minha a mesma que a tua. Prende-me com força, como se não quisesses aprender a passar o resto da tua vida sem a minha misturada com a tua. 

Beija-me, todos os dias. 

4 comments

  1. Adorei! É assim mesmo que o amor deve ser :)

    ReplyDelete
  2. Concordo, o amor e mesmo tudo na vida :) :) :) Adorei o post e as palavras*

    http://matildeferreira.co.uk/

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.