February 25, 2015

About being a blogger or something

Este texto já andava para ser escrito à algum tempo, mas como até agora não tinha conseguido, aqui está ele. Não vai ser um texto bonito, nem feio, vai ser um texto apenas. Porque isto de se ser ou não ser blogger poderia dar pano para mangas, e eu não quero cansar ninguém. 

Quando comecei a ter o blog, como já devem ter lido mais de 20 vezes, eu só queria guardar o que escrevia. Acreditem ou não, a minha única intenção era essa. Eu já tinha um gosto muito grande por escrever e normalmente quando por uma ou outra razão me encontrava mais em baixo gostava sempre de passar para o papel. Em tempos - longos tempos atrás - até escrevia músicas, mas depois deixei-me disso porque quando dei por mim já as tinha perdido. As minhas relíquias tinham todas ido pelos ares. Ainda hoje não faço ideia se moram lá por casa ou se já levaram outro rumo, e, conhecendo-me como conheço a probabilidade de terem ido para o caixote do lixo é alguma. Apesar de ser uma pessoa ligada a recordações e a memórias, muitas vezes tendo a livrar-me das recordações num abrir e fechar de olhos e poderá ter sido esse o fim triste dos papéis. E foi isso que provavelmente me levou a querer ter um blog, o desejo sincero que guardar aqui as minhas opiniões - boas e más - as minhas, entendem? Não tinha nenhuma ideia pré-feita, não queria atingir números, não queria nada. É verdade que hoje tenho isso tudo ou vou tendo, conseguindo, por assim dizer, mas não era nada disto que previa ou que estava para aí premeditado. Se um dia tiverem uns minutos basta verem o início do arquivo do blog, está cheio de textos meus, cheios de histórias - posso dizer-vos que umas reais e outras não tanto - mas histórias. 

Sempre me senti bem a escrever, apenas nunca tive coragem de pegar realmente na escrita com pés e cabeça, ou melhor com mãos - direita e esquerda - mais propriamente e digitar tudo no raio do teclado do computador. Mas quem sabe um dia, nunca sabemos o que me irá passar pela ideia. Até lá, provavelmente vou escrever na categoria que aqui tenho que se chama "Quando a Joana desabafa" - é lá que estão os textos todos de autoria própria que vos falei - e aguardar para que o meu tico e teco permitam dar asas à criatividade e tenha a triste ideia de tentar escrever mais de 150 páginas juntas. 


Ser blogger é engraçado, não digo que não. A experiência tem sido muito boa. Actualmente fez-me recordar que é possível conversar com meninas que não estão só preocupadas em espetar uma faca ou duas, e que afinal são meigas e gostam de ver o que se passa connosco - neste caso, comigo. Ser blogger é estar aqui diariamente, se possível, ou tentar estar o máximo de dias possíveis, é não falhar naquilo que se apresenta. É um autêntico consumismo de tempo. Mas se for um bom consumismo, que o é, acho que todas deveríamos fazê-lo. E infelizmente só tenho pena que cada vez mais existiam dezenas ou centenas de blogs a nascer das árvores, sem nada de diferente ou cativante. Talvez eu não me saiba explicar, mas, como sou perfecionista gosto de ver o que fica bem, o que fica mal, e fico irritada quando por falta de tempo ou de atenção dou meia dúzia de erros. Se gosto de escrever, também gosto de escrever sem comer palavras ou coisas do género, mas acontece. Ok. Às vezes demasiadas vezes. Ok, outra vez. Mas mesmo com esse sucedido eu volto atrás e revejo, mesmo que seja na semana seguinte, porque de futuro quem vier cá ler poderá abrir o post, não é? Enquanto blogger é importante para mim chegar a vocês, a pessoas que não me conhecem de lado nenhum mas valorizam o que digo, gostam do que escrevo, pelo simples facto de terem deixado um like na página do blog, o seguirem e por vezes me felicitarem pelo que consigo fazer. É claro que não passa de um hobbie, uma brincadeira, mas por vezes as brincadeiras tornam-se mais sérias, e esta tem uma sido uma óptima brincadeira. Por vezes fico cansada, e tentar chegar a todo o lado nem sempre é possível, nem sempre funciona. Tem sido uma aprendizagem, é verdade, mas tem resultado até agora. Aos poucos vou fazendo melhorias pela página e acho que é assim que deve ser. Não quero ser só mais uma blogger, mas por enquanto vou sendo blogger, e já não é nada mau. Até já me fez retomar o meu eterno gosto pela fotografia. Sim, eu sei que não sou nada de outro mundo, mas olhem, eu gosto de fotografia. 

Ser blogger é complicado, sim, mas também nos traz momentos ou histórias muito engraçadas, tanto na positiva como na negativa. Já apanhei de tudo, já dei uma de durona quando algo não me agradou, mas no fundo não faço mal a uma mosca, só que tem de saber levar-me e sobretudo tem de saber esperar, embora hoje em dia se viva num mundo que não está para esperas. Tem-se perdido muito do que se sabia, sobretudo tem-se perdido o hábito de saber esperar, de saber entender que as pessoas tem vida, que o dia tem 24 horas e faz-se o que se pode. Sem nos magoar-mos a nós e certamente sem querer magoar os outros, mas para não se magoar ninguém ambas as partes têm de saber o significado da palavra esperar. Acho que esta tem sido a minha maior dificuldade. De resto? É uma óptima experiência! E pode trazer-nos coisas muito boas! Pelo menos falo por mim, que acabei por juntar o meu gosto de adolescente não só para ter um blog minimamente bem estruturado, mas também para ajudar outras pessoas. Se pensarmos bem, afinal, tanto o gosto pela escrita como o gosto pelo design transformam num gosto por criar e dar largas há imaginação. É disso que gosto e é também por isso que aqui estou.

5 comments

  1. É verdade, ser blogger é uma brincadeira que sabe bem :)

    ReplyDelete
  2. Gostei de ler. ;) Já tenho blogs (fui mantendo uns e deixando outros) há mais de 12 anos e nunca perdi o "vicio". :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tens vários? Hás-de deixar-me os links caso eu ainda não seja seguidora! E segue o meu também.

      É um vicio "bom" eheh Beijinhos

      Delete
  3. Já tive um blog e agora comecei outro e é bem verdade ahaha
    (Se quiseres passar no novo e deixar a tua opinião está aqui o link: http://excessodenatureza.blogspot.pt)
    Diana F.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Vou deixar a opinião e seguir-te! :)
      Beijocas

      Delete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.