August 31, 2014

"Casada à força"

Este foi um dos livros que escolhi para ler nas férias. Sinceramente não esperava gostar tanto do livro como gostei, ou de ficar tão interessada a ponto de lê-lo num abrir e fechar de olhos. 

É uma história real, a sua autora é Sameen Ali e a história da Sam, é mais ou menos esta...

Sam foi abandonada pelos pais. E mesmo com essa infelicidade, até aos seus 7 anos de idade foi acolhida por um lar onde se sentia bem, e viva muito feliz. Tinha amigas, comida, e a pessoa que tomava conta dela, era como uma mãe para ela. A Tia Peggy. O seu pai, por vezes ia ao lar visita-la e trazia-lhe doces e brincavam um pouco, mas Sam não entendia muito bem a razão pela qual as coisas aconteciam desta forma, mas como se sentia tão bem onde estava, não lhe fazia diferença. Até ao dia em que também a sua mãe começou a visita-la. Pouco ou nada falavam nas visitas, mas um certo dia a mãe decidiu que era altura de levá-la para casa. Ela ficou contente, achando que teria uma família finalmente. Como lia nas histórias. Mas assim que chegou a casa, a mãe tratou-a como uma escrava, batendo-lhe e permitindo que um dos seus irmãos também o fizesse. Todos os trabalhos pesados ficaram a seu cargo, e Sam pouco mais de 7 anos tinha. Na escola, era muito inteligente, mas não tinha amigos. Só a sua irmã Mena. 

Alguns anos mais tarde, a mãe decidiu levá-la para o Paquistão. Aos seus 13 anos, achou que seria uma viagem óptima e que talvez resolvesse as confusões com a sua mãe. Mas isso não aconteceu. Sam, foi vítima de um casamento forçado, foi violada por esse mesmo rapaz. A sua mãe permitiu tudo isso. Através dessa violação, Sam engravidou. (Como é que uma mãe consegue tratar assim uma filha??). E posto isso, regressou à sua casa. Sam não entendia porque lhe faziam tanto mal, porque é que as mulheres dos irmãos foram bem tratadas e ela tinha sido forçada a casar, e a dormir com alguém de quem ela apenas sentia repulsa e nojo. Ela estava desesperada até que finalmente apareceu alguém na casa da sua família, um homem diferente, que entendeu que nada do que a mãe de Sam dizia era verdade. O bebé dela nasceu e ela não teve o apoio de ninguém. Só deste homem que incitou-a a fugir. E tratou-a como ninguém a tratara. Sam ganhou força, e queria proteger o seu filho de todos os males pelos quais ela passará. Após ter fugido, o seu irmão tentou mata-la. Mas mesmo assim, ela tornou a vencer. E viveu o resto da sua vida feliz. 

Uma história interessante para ler sem dúvida.

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.