July 06, 2014

Voltar a ser pequena

Todos nós temos dias em que nos apetece voltar a andar de mão dada com os nossos pais, por uma razão ou outra... ou só porque sim. Todos nós, ou grande parte de nós, já deve ter dito que não se importava nada de voltar a ser pequeno. Hoje calha-me a mim.

Não me importava de lá voltar. A esses tempos em que o stress não fazia parte de mim, onde via os problemas, mas via-os de longe. Sim, porque é isso que fazemos aos pequeninos. Pelo menos aqueles que são dotados do bom-senso. Guarda-mo-los de grandes confusões. Deixa-mo-los brincar, aprender as coisas todas a seu tempo. Tomar conta deles da melhor forma possível. E há dias assim. Há dias em que não me importava que tomassem conta de mim. Dias em que me dissessem que tudo ficará sempre bem, que por mais voltas que a vida dê, conseguirás sempre superar tudo. Há dias que se pudessem dar-me a mão ou um abraço demasiadamente longo, me sentiria pequenina de novo. Haverá melhor sensação do que a de protecção? Eu penso que não pode existir. Sentir-mo-nos protegidos, saber que alguém nos agarrará haja o que houver. Aconteça o que acontecer. Saber que nos defenderão, que não terão medo... que mesmo que o sintam não nos irão virar costas, é bom

Ser pequeno é bom,
E hoje eu queria voltar a ser pequena. 


Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.