June 17, 2014

Sobre perder peso #1

Está a chegar o verão e parece que todos os seres humanos de uma ou de outra forma querem preparar-se para a época balnear. É pena é que para variar as pessoas se lembrem meia dúzia de dias antes. E depois não tem o efeito desejado, não se nota, não chega a tempo.... E vem o corre corre desmedido à procura de produtos e em casos mais extremos de cirurgias possíveis com resultados a curto prazo. Está mal. Pois claro que está mal....

Quando era miúda, não era gordinha... Mas um ou dois anos antes da adolescência comecei a sentir na pele o que queria dizer ser gordo. Comecei a ganhar tanto peso que me sentia mal, mas quando somos mais novos, não temos noção das coisas. E quem estava à minha volta achava normal a minha estrutura, o meu peso. O tempo continuou a passar e o peso não se ia embora. Na escola tornou-se complicado. Actualmente chama-se "bullying", mas no meu tempo não havia cá nomes desses.... éramos só gozados, ou qualquer coisa parecida. Mas deixava marcas. 
E deixou. Todas as possíveis e indesejáveis. Com o passar dos anos tentamos dizer para nós mesmos que vamos ter de lutar para sermos melhores, para conseguirmos combater todos os erros que nos apontavam. Mas é preciso muita força de vontade, e apesar disso, mesmo quem consegue vencer e alcançar o desejável, mantém as marcas... Elas nunca vão embora de vez. Estão arrumadas em gavetas, para nós nos pudermos lembrar do que não podemos voltar a ser. 


Com o passar dos anos a preocupação com a imagem torna-se mais importante e valoriza-se cada vez mais.... Na escola, a malta quer ter estilo, quer vestir-se de maneira a que todos reparem neles. E quando começamos a trabalhar, temos de estar apresentáveis, temos de dar a cara a quem trabalha connosco, às pessoas com que nos iremos cruzar ao longo dos dias, dos meses.... E para mim foi uma tarefa árdua. 

Mas consegui. Cheguei ao meu peso máximo há certa de uns 3 anos, e quando me apercebi disso, quando me senti mal fisicamente com isso e completamente deitada abaixo, descruzei os braços e comecei a tentar por um ponto final nisso. A alimentação mudou ligeiramente, mas nunca com dietas. E não aconselho as meninas (ou meninos) a irem por coisas alucinantes. Durante um ano perder cerca de 15kg, é bom. E se não tiverem paciência para ginásios, dancem, corram. A verdade é que "alguém" que vestia o 44/46 em algumas calças.... Hoje em dia veste o 38. Quem comprava o L/XL, hoje em dia veste o M e de vez em quando o S. E para mim, isso é uma grande vitória. 

Se o que ficou para trás deixou marcas? Deixou.... e andará sempre comigo por perto.

Acreditem mais em vocês...

7 comments

  1. Verdade.. mas contrariamente da minha perspectiva, é um esforço em vão.. trabalho jogado fora.. e olhar ao espelho e' mau que doi..

    ReplyDelete
  2. Não é nada jogado fora.... olhar ao espelho dói, mas temos de mudar isso. Aliás, tens de mudar isso! :)

    ReplyDelete
  3. Ok nao percebeste o "contrariamente", eu não quero emagrecer LOL xD

    ReplyDelete
  4. mas queres engordar, ou não? Eu foi por ai que pensei xD

    ReplyDelete

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.