January 17, 2010

Coincidências

Mudam os tempos, muda a vida, muda tudo. Mas nunca mudarão as coincidências da vida. Elas acabam sempre por acontecer; ao virar de uma esquina, num cruzamento qualquer que não estamos à espera, lá aparecem as «parvas» das coincidências. Mudo eu, mudas tu, mudamos simplesmente. O mundo é feito de mudanças, as coincidências é que não. Cada momento que passa, cada minuto que avança, aparece uma nova coincidência. Não as valorizo, não acredito piamente nelas. Contudo, a verdade é esta: elas não deixam de suceder. São mesmo assim, ligam-nos ao passado, ligam-nos ao dia-a-dia. Ligam-se a nós, colam-se. Parecem pega-monstros. Porque é que tem que ser assim? Deixa-mos as coisas que já não queremos, ignora-mo-las e no entanto vêm sempre alguma coisa que...Paciência. É mesmo assim. Isso não irá mudar. Coincidências acontecem, e aparecem. São nossas companheiras. Embora nós muitas das vezes as odiemos, elas não nos largam. Mudaram-se os tempos, mudou-se o rumo da vida, mudou-se tudo. E a única coisa que restou de tudo isso, foram as lembranças, as recordações e sem duvida nenhuma: todas as coincidências possíveis e inimagináveis. Se estou farta delas? Sim, estou. Se posso deixá-las? Não, não posso. 

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.