January 13, 2010

Caixa do coração

É lá que guardo tudo. Tudo o que quero, claro. Mas não deixa de ser tudo. É lá que sinto o passado, que vivo o presente e que espero pelo futuro. Tudo o que sinto passa por essa caixinha - chamo-lhe de coração. O meu coração. Ele tem muito espaço, é grande. De vez em quando apetece-me zangar com ele. É grande mais. Não é qualquer pessoa que tem «entrada livre», é difícil conseguir um lugar nele. Mas, se o agarrares bem, e não o machucares demasiado posso dizer-te que o lugar que um dia conquistares será sempre teu. É teu por mérito próprio, até ao dia em que decidires meter os pés pelas mãos como algumas pessoas já fizeram e o meu coração te expulse de lá. É lá que guardo tudo. Mais uma vez, tudo o que quero. O que não interessa, o que não é importante; vai embora. Guardo tudo o que de melhor me dão. Sei fazê-lo. Talvez seja das coisas que sei fazer melhor. Dou o valor necessário a quem realmente merece. Dou o valor necessário às atitudes certas. Não é preciso tentarem dar o mundo ao meu coração, eu já me deixei de pedir isso. Dá o pouco que tens, dá o máximo de sinceridade. Juro-te aqui que ele guardará lá dentro trancado a sete chaves. 

PS: queres trancar-te lá? 

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.