December 27, 2009

Pontas soltas ou pedras no sapato

Toda a gente as tem, e toda a gente chega a um ponto em que desejaria não as ter. Mas a verdade é que elas existem e quer nós queiramos ou não elas hão-de estar sempre lá. Eu gostava de não ter nenhuma. Era sinal que aquilo de que eu tanto gosto estava a ser seguido. Odeio deixar conversas a meio, coisas perdidas por aí. Não me faz  sentir bem saber que o assunto não fica arrumado, não gosto que as coisas se arrastem. Têm o seu devido tempo. Para quê deixar pontas soltas? Só piora. Não estraga ? Pode não estragar logo, mas, fazem com o que passado venha ter connosco. E na minha opinião, o passado deve existir e deve de vez em quando fazer-nos lembrar de pequenas coisas porque faz parte de nós e não vale a pena fugir dele mas, o passado deve lá ficar. Arrumadinho, com uma pedra. Bem assente. Bem no sitio dele. Que é lá. O passado devia morar todos os dias nele próprio em vez de saltar muros e querer chegar ao presente e quem desconhece, ao futuro. 

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.