December 02, 2009

Life goes on

Para que remexer em coisas do passado? Mesmo que esse passado seja um passado próximo, algo minimamente recente; do que vale tocar-lhe? Do que vale emitir o que quer que seja em relação a isso? A resposta é curta, óbvia e sobretudo verdadeira: Nada. Não vale de nada. O passado não vai voltar, e mesmo que um dia faça ideias de regressar, faz um favor a ti mesma(o) e fecha a porta. Irás abrir uma porta errada, uma porta que te vai fazer regressar a coisas que mais tarde te arrependerás. Não se fala, não se sente, não se vê, esquece-se. Não queiras esquecer logo tudo, mas aprende a lidar com o passado. O passado tem que estar no lugar dele. Tens que colocar um ponto final, não apenas uma virgula ou um ponto e virgula. O passado merece estar numa caixinha, muito importante é verdade, mas numa caixinha. De preferência trancada e a chave dessa caixa não deve ter cópias, guarda-a apenas contigo e não deixes, não permitas que outra pessoa tenha uma cópia, possivelmente algumas pessoas que te deixaram recordações e marcas nessa caixinha vão querer ter uma cópia, segue o meu concelho: «não lhes dês nenhuma». É tua a chave e o direito de querer a caixa trancada também. Abre outra caixinha, com novas pessoas, novos momentos e novas sensações. A vida e o teu coração são assim, tens dentro dele várias caixinhas, com pessoas diferentes e sentimentos diferentes. Aproveita-os a todos, sabe como usá-los. E sê feliz com eles, mas lembra-te, não abras a caixinha antiga só assim serás feliz e só assim a vida segue em frente. 

Post a Comment

Latest Instagrams

© Joana. Design by Fearne.