November 18, 2009

Está frio lá fora


Enquanto olho lá para fora vejo que o frio vai chegando, pouco a pouco. Vejo que o céu vai ficando cada vez mais escuro, que os dias cada vez são mais pequenos. E vejo isso tudo através da minha pequena janela. Vejo prédios, vejo pessoas, várias pessoas que vão alegres ou tristes; algumas indiferentes. Olho lá para fora e sinto o frio, mesmo que esteja com a janela fechada. Os dias tristes estão a chegar. Os dias mais vazios, os dias em que o sol não aparece. Mas será que consigo ver todas as coisas tão claramente como consigo ver o que se passa na rua? Não, nem tudo. O que vai dentro da cabeça daquelas pessoas? Não sei, não consigo saber nem tenho forma de descobrir. Assim como quem passa por mim não faz a mínima ideia de onde param os meus pensamentos. Vão tão longe do que se pode chamar básico. Estão lá perdidos entre mil e uma coisas. Talvez um dia não se encontrem tão perdidos, um dia quando o frio se for embora de novo. Talvez no próximo verão já não estejam tão perdidos. Por enquanto, ando assim. Sem saber no que pensar propriamente. Meio perdida, em busca do que realmente me pode fazer bem. Do que me pode fazer falta. Do que eu quero para mim. Do que eu preciso. Apenas à procura, de um sitio onde me sinta feliz, onde me mantenha feliz por tempo indefinido (desejando que seja um longo período de tempo). Mas agora, agora faz frio lá fora (cá dentro também). 

No comments:

Post a Comment