November 08, 2009

Broken strings

O som que fazes, o som que cada corda tua faz quando a mão passa por ti, é bom. Acalma, tranquiliza. O som que vem de lá, daquela ou de outra qualquer. O som da música, a calma que ela trás. A liberdade que ela trás. Pode transmitir tantas sensações, mas a que mais me continuar ligada à música é a calma. Essa sensação faz com que tudo o resto se apague; nem que seja por meros instantes. Mesmo que poucos segundos depois aconteça uma catastrofe. Se há coisa indispensável na vida, é a música. Música, andas comigo para todo o lado. Acompanhas-me quando ando pelas ruas sozinha. Ás vezes, ainda é cedo, e poucas pessoas estão na rua, mas vou com ela. Como se fosse de mão dada, como se só a ouvisse ela. Minha, música.

No comments:

Post a Comment